Tomate: após mais um mês em alta, preços recuam

Os preços do tomate salada longa vida caíram nas quatro centrais de abastecimento acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea entre 22 a 26 de outubro, após mais de um mês em alta, devido à intensificação da 2ª parte da safra de inverno. A desvalorização mais significativa, de 22,35%, foi em Campinas (SP), onde o 3A foi comercializado a R$ 66,00/cx de 20 kg. Isso pode ser justificado por um volume maior de frutos, principalmente de tomates de menor qualidade de Carmópolis de Minas.

Na próxima semana, as regiões de São José de Ubá (RJ) e Mogi Guaçu (SP) devem finalizar a safra, o que pode reduzir a oferta. Entretanto, com a possibilidade de maior volume das regiões de Sumaré (SP), Paty do Alferes (RJ), Sul de Minas e Norte do Paraná (que colhem a 2ª parte da safra de inverno), não deve ter alta significativa nos preços.

Fonte: Cepea