Estudo revela uso massivo do código de barras no dia a dia

cod“A tecnologia está em constante mutação”, disse Carlos de Oliveira (na foto), presidente da Associação Brasileira de Automação – GS1, durante a 5ª edição do Brasil em Códigos, conferência promovida pela entidade. O encontro reuniu aproximadamente 400 pessoas e contou com diversos painéis segmentados, que proporcionaram nova dinâmica. “Moderadores interagiram com os participantes através de questionamentos relacionados a cada tema”, explicou Oliveira.

Durante apresentação de um estudo inédito sobre o uso da tecnologia no dia a dia dos brasileiros, o executivo disse que 80% dos entrevistados acreditam na utilização do código de barras para leitura de informações do produto adquirido no varejo. “A internet das coisas está aí, pronta para ser integrada com o código de barras, o QR Code e outras ferramentas que transmitem informações e utilidade para os usuários”.

Sobre a pesquisa:

535 brasileiros (45% homens) (55% mulheres) de todas as classes sociais, com mais de 18 anos, participaram da pesquisa. Nela foi constatada que as pessoas que preferem experimentar novidades tecnológicas apresentaram profunda intimidade com o tema. O estudo demonstra que as compras digitais estão se tornando frequentes e, além da busca de preço, parte das vendas do varejo são influenciadas pela web.

– Mais de 80% dos produtos que circulam no mercado têm código de barras.

– Apenas 10% dos consumidores compram pessoalmente. O uso da internet e de aplicativos como ferramentas de suporte e estimulo ao consumo já são uma realidade no País.

– 72% do total mostram-se interessados ou muito interessados pelas informações contidas nos rótulos. 80% entende que o futuro irá ler estas informações por meio do código de barras.

– 88% das empresas consideram importante o uso de código de barras na gestão de negócio. 66% delas estão predispostas a investir em tecnologia.

Fonte: New Trade