Entregas de adubos cresceram 4,3% no país no acumulado de 2018

As entregas de adubos no Brasil totalizaram 4,25 milhões de toneladas em setembro, de acordo com a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda). O volume diminuiu 12,0% em relação ao mês anterior, mas foi 0,3% maior na comparação com o mesmo período do ano passado. Este ano, o pico de entrega de fertilizantes foi em agosto, diferentemente de 2017, quando os maiores volumes foram entregues em setembro.

No acumulado de janeiro a setembro de 2018 foram entregues 25,85 milhões de toneladas de fertilizantes ao consumidor final no país, 4,3% mais que no mesmo período de 2017.

A estimativa da Scot Consultoria é de que as vendas em 2018 fiquem entre 35,50 e 36 milhões de toneladas, o que representaria um recorde frente as 34,44 milhões de toneladas entregues em 2017, recorde até então.

Este incremento é devido ao aumento das áreas semeadas com grãos em 2018/2019. Os patamares de preços mais altos para a soja e milho, por exemplo, favoreceram as relações de troca com os adubos este ano, mesmo diante da alta de preços dos fertilizantes.

Fonte: Scot Consultoria