Empresas de tecnologia dominam lista das marcas mais valiosas do mundo

53% das marcas mais valiosas são do segmento de tecnologia

Oito das dez marcas mais valiosas do mundo são de empresas de tecnologia ou de companhias cujos negócios estão relacionados à tecnologia, segundo ranking Top 100 de marcas globais BrandZ, da WPP, divulgado recentemente.

Segundo o estudo, o incremento no uso de dados e tecnologias como inteligência artificial (AI, na sigla em inglês) ou realidade aumentada (AR), combinadas com enfoques de marketing criativos permitiram que várias marcas construíssem um entendimento sólido de seus consumidores, oferecendo a eles conveniência, conteúdo personalizado e experiências de marca excepcionais.

Google e Apple ainda se mantêm em 1º e 2º lugares. Amazon agora ocupa a posição número 3 com um crescimento de 49%, superando a Microsoft. A companhia chinesa Tencent ficou com o 5ª lugar, ganhando três posições desde a medição anterior, superando o Facebook.

Este ano o aumento no valor de marca é excepcional, impulsionado pelo crescimento em diferentes categorias. Tanto os novos entrantes como os já estabelecidos demonstram que ser ousado e adaptar-se a uma visão de longo prazo sobre a construção da marca é lucrativo”, comenta David Roth, da WPP. Para ele, as empresas que investiram no chamado intelligence-led marketing e têm marcas sustentadas no poder de ideias criativas serão as ganhadoras neste mundo disruptivo, cheio de inovação e voltado à mudança.

Apesar da incerteza política e econômica em muitas regiões, este ano o ranking mostra seu maior incremento na história, quase US$ 750 bilhões (+21%), colocando o ranking das empresas que compõem o BrandZ Top 100 global no patamar dos US$4,4 trilhões, 204% mais desde sua primeira publicação, há 12 anos, em 2006. Este é o primeiro ano que todas as categorias do BrandZ Top 100 global relatam crescimento.

Avanço da China

Pela primeira vez, as marcas que não são norte-americanas cresceram mais que as concorrentes. Quatorze marcas chinesas aparecem no Top 100 do ranking. Em 2006, era apenas uma, a China Mobile. O valor total do Top 10 das marcas chinesas cresceu 47% anualmente, mais que o dobro do que as marcas norte-americanas (23%). Outras partes do mundo, como Índia e Indonésia, também mostram forte crescimento regional. O BrandZ Top 100 inclui sete marcas asiáticas (excluindo China), com crescimento de 14%, representando um montante de US$146 bilhões. O banco regional BCA (No.99) é a primeira marca da Indonésia a entrar no ranking, e temos também a entrada da Maruti Suzuki no Top 10 da categoria de autos pela primeira vez.

De acordo com Eduardo Tomiya, CEO da Kantar Consulting para América Latina, este estudo mostra que atrás de marcas valiosas existem cinco pilares base, são eles: propósito, inovação, comunicação, experiência de marca e love brand. “Aquelas que conseguem neste contexto disruptivo combinar estes cinco fatores com maestria não apenas sobrevivem, mas perpetuam o negócio e se tornam ainda mais valiosas. É sempre se reiventar, e não ficar vivendo da tradição passada”, explica o especialista.

Outro ponto importante é a predominância das marcas de tecnologia no topo do ranking global. Este ano, 53% das marcas mais valiosas são deste segmento, fato que comprova a mudança no comportamento das pessoas quando comparado há mais de dez anos, quando marcas de bebidas e cigarros listavam dentre as mais valiosas.

Marcas que estiverem mais envolvidas com as alterações de percepção dos consumidores e endereçarem a eles uma proposta de valor única terão mais chances de consolidação. Atualmente a tecnologia e serviços estão no nosso dia-a-dia, o que não acontecia anos atrás. Marcas disruptivas como Amazon, Apple, Samsung e Alibaba começam a ter uma nova relevância neste mundo novo”, analisa Tomiya.

As parcerias são uma estratégia importante para que as marcas aumentem sua eficiência. As marcas líderes continuam elevando as expectativas dos consumidores em relação à experiência em cada ponto de venda, tanto online como offline, desde o momento do teste/experimentação à entrega. Por isso, é cada vez mais relevante ter parceiros duradouros que ajudem nesse processo.

Doreen Wang, Global Head de BrandZ para Kantar Millward Brown, comenta: “As marcas que estão ganhando na era do marketing baseado em soluções de inteligência artificial – isto inclui negócios como Amazon e Tencent – são as que colocam o consumidor no centro de tudo o que fazem. Essas marcas usam tecnologia para entender as necessidades dos consumidores e aplicam esse aprendizado na criação de um ecossistema de serviços que cumpre várias necessidades, permitindo aos consumidores ter uma experiência similar em diferentes plataformas”.

Confira as 10 marcas mais valiosas do mundo, segundo levantamento do BrandZ:

Google

Apple

Amazon

Microsoft

Tencent

Facebook

Visa

McDonald’s

Alibaba

AT&T

Fonte: Computerworld