Dipirona e Omeprazol estão mais caros

Já está valendo em todo país a alta no preço dos medicamentos, autorizada pelo governo federal. De acordo com a câmara de regulamentação do mercado de medicamentos, a CMED, o reajuste será em média 2,38%. Valdomiro Rodrigues, consultor da Federação Brasileira das redes associativas e independentes de farmácias afirma que os maiores aumentos estão nos medicamentos mais comuns.

Ainda segundo o consultor, consumir genéricos e pesquisar antes ajuda a gastar menos na hora de comprar medicamento.

Uma pesquisa realizada pela própria FEBRAFAR apontou que 45 % das pessoas compram remédio pelo preço, ou seja, procuram o mais barato. Os medicamentos genéricos já estão entre os mais procurados pelos consumidores.

Fonte: Portal Ternura FM