Citros: produtor firme mantém cotação da Tahiti em alta

De acordo com informações do Cepea, apesar da pressão exercida por compradores em relação às cotações da lima ácida tahiti, produtores estão firmes nos preços, fundamentados no atual cenário de oferta limitada. As poucas frutas disponibilizadas apresentam tamanho miúdo, o que as torna menos atrativas aos consumidores. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a tahiti tem média de R$ 83,52/cx de 27 kg, colhida, avanço de 8,6% em relação à semana passada.

Quanto à laranja, a procura pela valência no mercado de mesa paulista está maior em relação à laranja pera, por conta do preço mais atrativo. Na parcial desta semana, a valência é comercializada à média de R$ 28,61/cx de 40,8 kg, na árvore, elevação de 3,4% frente à semana anterior. Já a pera tem média de R$ 32,83/cx, alta de 1,8% no mesmo comparativo.

Fonte: Cepea