Martcon e Agrovet

Em ascensão, carne em porções traz vantagens ao varejo e ao consumidor

Para sustentar a demanda de praticidade dos centros urbanos, muitos estabelecimentos têm optado por disponibilizar carne em porções aos consumidores. Além de evitar as grandes filas, que levam tempo para finalizar o atendimento, essa é uma maneira de facilitar a compra, em que menos procedimentos são necessários para se adquirir o produto. Outro ponto importante é a manipulação do alimento, ...

Read More »

Preços da cebola e do tomate ajudam cesta básica a ter deflação de 8,56%

Os resultados de uma pesquisa divulgada no início da semana apontaram uma redução de R$ 50 no preço da cesta básica em supermercados de Presidente Prudente. Segundo o Índice de Preços Toledo (IPT), houve uma deflação em relação à pesquisa anterior de 8,56%, ou seja, o consumidor que gastava R$ 585,22 para a compra da cesta básica do IPT atualmente ...

Read More »

Safra de inverno da batata ganha ritmo e preço cai

A batata padrão ágata especial se desvalorizou pela segunda semana consecutiva e foi comercializada nos atacados paulistanos a R$ 52,18/sc de 50 kg (-11,06%) entre os dias 16 e 20/07. Com a intensificação da safra de inverno, a quantidade disponível de tubérculos no mercado esteve alta. Somado a isso, a produtividade também está elevada. Cristalina (GO) e Chapada Diamantina (BA), ...

Read More »

Regularização na oferta influencia queda nos preços das hortaliças

As principais hortaliças comercializadas no atacado ficaram mais baratas no último mês. O bom resultado ao consumidor é reflexo do restabelecimento da oferta dos produtos nas Centrais de Abastecimento (Ceasas) do país, como aponta o 7º Boletim Prohort, divulgado terça-feira (17) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Além do fim da greve dos caminhoneiros, que liberou o escoamento da produção, ...

Read More »

Demanda por orgânicos deve crescer em meio a polêmicas

As críticas ao Projeto de Lei 4576/2016, que trata da venda de alimentos orgânicos no País, colocaram no centro do debate um mercado em expansão. Em 2018, o setor deve crescer 20% e movimentar acima de R$ 4 bilhões. Os dados do Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis) incluem também os segmentos têxtil e de cosméticos, mas aproximadamente ...

Read More »

Alface: preço segue em patamar elevado no atacado de SP

Com o menor volume colhido nas roças, a oferta de alface diminuiu na Ceagesp, o que impulsionou os preços da folhosa na última semana. As altas, porém, foram limitadas pela menor demanda no início do período, tanto devido ao feriado de 9 de julho quanto à frente fria no estado paulista. A qualidade da hortaliça, por sua vez, é considerada ...

Read More »

Preços da carne bovina apresentam queda no varejo

Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo a queda no preço foi de 0,3% nesta semana. Em Minas Gerais, houve recuo de 0,2%. Já no Paraná e no Rio de Janeiro, mercado estável. Esse comportamento explica a dificuldade de precificação que as indústrias encontram no atacado. Apesar disso, o markup dos varejistas paulistas está no melhor patamar desde junho, ...

Read More »

Com oferta limitada, preços da mandioca sobem 3% na semana

A oferta de mandioca seguiu limitada na semana passada em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. Esse cenário se deve à baixa disponibilidade de raízes para comercialização e ao fato de produtores postergarem a colheita, por causa do clima seco ou por priorizarem o preparo do solo para o plantio da safra 2018/19. Por outro lado, a demanda industrial continuou ...

Read More »

Baixa oferta de mamão formosa impulsiona cotações

Na primeira semana de julho (de 2 a 6), o mamão formosa voltou a se valorizar nas principais regiões produtoras – especialmente no norte de Minas Gerais e no oeste da Bahia, onde os preços mais elevados foram registrados. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, além da oferta controlada nessas praças, este cenário foi favorecido pela comercialização em centros com menor concorrência. ...

Read More »

Brasil precisa de R$ 76,7 bilhões para retomar obras

A retomada de pouco mais de 7,4 mil obras paralisadas e que são financiadas com recursos públicos federais tem um custo para o país: R$ 76,7 bilhões. Os dados são do estudo Impacto Econômico e Social da Paralisação das Obras Públicas, encomendado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) à consultoria Inter.b. O valor considera as obras públicas federais ...

Read More »